Continue lendo...
Viagem para Holanda: tudo que você precisa saber!
0
Curiosidades, Dicas Úteis, Turismo, Viagem

Viagem para Holanda: tudo que você precisa saber!

Viagem para Holanda. Moinhos

Ano 2020. Maio. Com o mundo totalmente parado devido à uma pandemia, decidi que é a hora de tirar do papel e trazer para o digital, o Blog do Viagem para Holanda.

Criei em 2015 este Blog e só agora, após 5 anos com muita coragem e determinação, antes tarde do que nunca como diz o ditado, resolvi encarar o desafio e apostar em um sonho.

O de escrever um blog e compartilhar minhas descobertas para incentivar alguém que chegará a ler este artigo a realizar a sonhada viagem para Holanda.

A mudança para um novo país, a adaptação à cultura, um novo idioma e o clima. Ah, o clima, eu poderia escrever uma tese sobre as temperaturas holandesas.

O tempo passou muito rápido. Eis me aqui, focada e determinada para encarar o desafio de investir no Blog Viagem para Holanda.

Me realizar como profissional do Turismo em solo holandês, afinal, são 20 anos de experiência como turismóloga, mais de 27 países e 135 cidades. Planejar e organizar uma viagem é umas das minhas paixões.

Agregar informações que possam te inspirar e incentivar a programar a sua viagem para Holanda e experimentar o Turismo de Experiências Culturais.

Que tal encontrar sugestões de quem realmente conhece o destino apresentado?

O fator determinante para esse novo desafio é o respeito com a cultura local, oferecendo inúmeras oportunidades de passeios com informações de qualidade.

Vamos embarcar para a Holanda com a arte, nas telas dos pintores do Século de Ouro da Pintura Holandesa?

  • Viajar pelos lindos campos de flores holandeses, já conhece Keukenhof?

Conhecer por dentro dos moinhos de vento, admirar a rica arquitetura das casas tortinhas e o mais legal desta viagem, tudo no seu tempo, sem pressa, com responsabilidade e absorvendo toda essa riqueza.

Se a resposta for um Sim…vamos começar a realizar esta viagem com uma bagagem mais aprimorada de informação!

Irei incluir links com outros artigos no decorrer do texto, pois são artigos complementares que poderão te ajudar. Leia com calma e depois retorne aos links que você se interessar.

 

Que tal um mini guia de tudo que você precisa saber antes de viajar para a Holanda! Vem comigo…

Viagem para Holanda ou Países Baixos? Qual a diferença?

Para explicar essa diferença, nada melhor que uma imagem. Mas, a história dos Países Baixos passa por 3 fases diferentes. Um pouquinho de história pra acrescentar na sua viagem.

  1. De 1581 à 1795, o país era uma República das Sete Províncias Unidas.
  2. De 1806 à 1810, o país se tornou um Reino da Holanda, mais foi comandado pela Casa Bonaparte, pois o primeiro rei holandês, foi o príncipe francês Luís Napoleão Bonaparte, um dos irmãos de Napoleão Bonaparte e pai de Napoleão Bonaparte. Parece confuso e estranho, enfim, fatos históricos daquele tempo! 

Aproveitando este assunto: uma ótima dica de passeio para entender melhor essa trajetória toda, é ir até o Palácio Real em Amsterdam.

O rei francês passou muito tempo por lá! Podemos ver seus aposentos e mobiliários que ele adquiriu e hoje faz parte do acervo do Palácio.

O Luís Bonaparte gostou de ser rei na Holanda, desafiou seu irmão e contrariando suas ordens, até aprendeu a falar algumas palavras em neerlandês, mais o povo não queria que ele ficasse por aqui. 

 

 

Após ser expulso da Holanda, ainda pediu permissão se poderia viver aqui. É claro que foi negado.

     3. De 1815 aos dias atuais, temos o Reino dos Países Baixos, comandado pela Casa Orange de Nassau, desde 1815 tivemos 3 reis, 3 rainhas e o atual Rei é o Willem Alexander. A próxima a ocupar o cargo de chefe de estado será a princesa Catharina Amália.

Viagem para Holanda, mapa

O país é dividido em 12 províncias, todas com características regionais e culturais próprias.

Cada província possui seu próprio governo, e seu líder é escolhido pelo rei, após uma comissão enviar ao rei o curriculum do candidato, se ele tiver todos os pré-requisitos, assume o cargo. De maneira simples é assim que funciona.

Holanda é uma dessas províncias, e se divide em duas.

  • A Holanda do Norte, cuja a capital da província é Haarlem, e desde já deixo minha sugestão para ir visitá-la. Fica a pouco mais de 30 minutos de Amsterdam e é uma ótima opção de bate e volta.

Eu gosto tanto de lá e permaneço um dia todo. Disponibilizei no Blog e no canal do Youtube Viagem para Holanda, um roteiro do que ver e fazer por lá! Passear pelas ruazinhas encantadoras de Haarlem é um descanso agradável!

  • E a Holanda do Sul, cuja capital é Haia ( Den Haag em neerlandês). A cosmopolita e cultural Haia, oferece museus renomados, bons restaurantes, e é aonde fica a sede do parlamento holandês.

Haia é conhecida como a cidade da paz e justiça, por abrigar o famoso Palácio da Paz, a corte internacional de Justiça.

Mas, também abriga um dos museus com as obras mais valiosas na minha humilde opinião, do século XV ao VXII, o século de ouro da pintura dos Países Baixos.

Quer ver de pertinho a obra de Johannes Vermeer, a garota com brinco de pérola? Então, já fica a sugestão do porque deve ir até lá!

E a obra deslumbrante de Rembrandt, A lição de Anatomia do doutor Nicolas Tulp? Mais um motivo pra ir visitar o Mauritshuis.

São 3 andares de um passeio cultural riquíssimo.

 

E os Países Baixos?

O Reino dos Países Baixos compreende a quatro países: Aruba, Curaçao, São Martinho e o País Baixo ( mais conhecido como a Holanda, esse país com as 12 províncias).

Em outras palavras, agora você já sabe a diferença de Holanda e Países Baixos, mas todos conhecem como Holanda e sem dúvida é a província mais visitada do país.

 

Viagem para Holanda: tudo são flores na Holanda?

Quase tudo (risos) ou pelo menos na estação da primavera e verão, o país fica com um colorido absurdo de lindo! 

Mais a estação das flores começa no inverno, você sabia?

Em pleno Janeiro é inicio das primeiras florações de tulipas e em Fevereiro e Março os krokus e narcisos chegam pra tirar o cinza da paisagem.

A Holanda é o maior exportador de flores do mundo, o que movimenta a economia do país. E o maior produtor de tulipas. Apesar de ser o sonho de 9 entre 10 pessoas visitar os campos de tulipas, essa flor é de origem turca. 

A tulipa é tão importante para a economia holandesa que foi responsável pelo surgimento da primeira bolsa de valores do mundo, tamanho foi a corrida para a sua comercialização, contudo, pra nós este comércio só nos incentiva a querer passear pelos campos de tulipas e a conhecê-las de pertinho!

tulipas na Holanda. Viagem para Holanda
Quase tudo são flores na Holanda

 

Já visitou o Keukenhof?

É o parque nacional das flores, por lá nós encontramos uma variedade e diversidades de espécies. É necessário um dia todo pra andar com calma, pois o parque é imenso, mas possui toda a estrutura para receber os milhões de visitantes em apenas 2 meses.

  • Como ir: Você pode ir sozinho até lá, quer dizer, não é preciso gastar uma fortuna! Há ônibus saindo da estação central de Leiden com destino ao parque. Mesmo sem você falar uma palavrinha de neerlandês, saberá qual ônibus pegar.

Geralmente são empresas particulares, mas que cobram um valor próximo ao de um ônibus comum e o melhor, te deixa dentro do parque! 

Outro ponto a ressaltar, todas as flores que nós vemos na tv durante a semana Santa no Vaticano, são doadas pelos produtores holandeses, em forma de agradecimento, pois eles vivem da exportação deste comodities! Quando eu soube disso, me emocionei! Isso soa até estranho, num país que a grande maioria não possui uma religião, ou melhor não são praticantes. ( hoje em dia)

 

Holandês para viajar: como se comunicar?

Este é um ponto que você não deve se preocupar ou se limitar por isso. A tecnologia está a nosso favor, com aplicativos, tradutores e o mais interessante é que os holandeses são anfitriões nato! 

A Holanda recebe milhares de visitantes e pessoas do mundo todo vivem aqui na maior harmonia! É o país da diversidade.

Muitas pessoas travam na hora de decidir viajar por não falar um outro idioma, mas saiba que não é só com você, o importante é vencer essa barreira, encarar nossas fragilidades e seguir a diante!

tulipas na Holanda
Tulipas em Lisse

Estudar todo o roteiro e fazer um bom planejamento da sua viagem, já te oferece mais de 80% de segurança. Acredite.

Mas, saber algumas palavrinhas no idioma local, pode ser bem bacana até mesmo para você se divertir!

Algo que sempre oriento meus amigos e clientes é em relação à alimentação, principalmente para as pessoas que possuem alguma restrição ou alergia. 

Irei deixar o link abaixo de um artigo bem legal para você aprender algumas palavras em neerlandês que podem te ajudar nos restaurantes, principalmente se você possui alguma restrição e outras palavras usadas no dia a dia. Depois me conte, se te ajudou.

Cada lugar possui suas peculiaridades culinárias, mas aqui na Holanda a gastronomia deles é batata, legumes e carne. Nada de mirabolante. 

É batata de tudo quanto é jeito: frita, assada, amassada, purê.

O prato típico é o Stamppot, servido com bolas de carne, pra nós a conhecida almôndega, o purê de batata é amassado junto com a chicória ( escarola), um pouco de bacon picadinho e um molhinho tipo madeira pra acompanhar…e essa é a sofisticada culinária holandesa, que em dia de frio, você vai quer repetir! É simples, comida que acolhe!

Viagem para Holanda e o Transporte

O sistema público de transporte é eficiente, porém caro. Mas te leva de um ponto a outro e possibilita incluir cidade próximas uma das outras.

Sua viagem ganha um sentido mais especial, você sai para descobrir novos lugares e se apaixonar pelas suas descobertas.

Amsterdam é linda, mais o país é muito mais que Amsterdam.

  • Aqui no Blog meu objetivo é apresentar ótimas recomendações para acrescentar no seu roteiro. Navegue e encontre as melhores opções pra você!

Geograficamente, a Holanda é um país compacto. Em 3 horas é possível atravessar todo o pais de leste a oeste ou de norte a sul.

Quando estiver pensando nos lugares para visitar, use dos mapas e crie seus roteiros para conseguir fazer um bate e volta, se sua hospedagem for em Amsterdam.

Aplicativo do transporte público holandês

 

Utilize o aplicativo de transporte para ver os valores das passagens e assim incluir no seu orçamento. Lembre-se de refazer essas simulações perto do seu embarque para verificar se os preços não sofreram alteração.

Viagem para Holanda e Arte: Van Gogh, Rembrandt, Mondriaan e Vermeer

Essas quatro mentes brilhantes, deixaram de legado para a Holanda, um linda herança cultural que os holandeses amam e preservam.

São mais de 500 museus espalhados pelas 12 províncias.

Há museus para todos os gostos e temas. Como estudiosa no assunto, minha preferência são as pinturas do século XVII, pois revelam a história cultural da Holanda através das pinceladas destes mestres, com isso agrego mais conteúdo para você que quer vir ver de pertinho um Rembrandt.

Listei um Top 10 museus que você realmente deveria conhecer, sei que as vezes o tempo não é suficiente e é necessário fazer escolhas. O bom é que listei esses 10 e você pode se orientar e talvez encaixar vários dele em sua viagem para Holanda com Arte!

 

Me perguntaram uma vez, se com a facilidade de podermos ver as obras pela internet, não seria interessante desconsiderar a visita ao museu. Qual a sua opinião sobre isso?

Como me referi, a tecnologia está aí para colaborar.

Realmente algumas pessoas não podem se deslocar e assim uma visita virtual é inclusiva. Mas, não há emoção maior de ver a obra de seu pintor favorito bem ali na sua frente! É algo que me falta até palavras pra descrever.

A minha resposta para a pergunta foi assim: Fazer essa conexão de que ver a obra pela internet seja a mesma coisa do que ver ao vivo, é o mesmo que dizer, não é preciso estudar matemática porque temos a calculadora!

Continuando, os museus holandeses estão entre os melhores do mundo e as obras mais importantes da história da arte estão dentro deles. 

 

  • Moinhos na Arte Holandesa
Um dos museus mais importantes da Holanda. Mauritshuis ou Casa de Maurício de Nassau

 

  • A Ronda Noturna de Rembrandt, está exposta na galeria de honra do Rijksmuseum, Vincent van Gogh possui um museu só dele com a maior coleção do mundo.
  • Mondriaan e seus quadros estão no museu de Arte em Haia.
  • Johannes Vermeer, o mestre da luz, nos brinda com 7 pinturas em solo holandês, das quais 4 estão em Amsterdam e 3 no Mauritshuis em Haia. E tem um centro cultural só pra ele em Delft. A Gilda de São Lucas, por onde Vermeer foi diretor e professor de Arte no século XVII.

As viagens com foco cultural são as minhas preferidas, pois através das pinturas conseguimos entender a cultura de cada época, os costumes do seu povo.

Sem contar que toda a estrutura dos museus holandeses são uma atração a parte, de cafés a restaurantes e as lojinhas com souvenirs exclusivos e livros das exposições.

 

Holanda e seus Moinhos de Vento

Se perguntar a alguém como definir a Holanda, é provável a resposta ser: Moinhos, tulipas, bicicletas e Amsterdam.

Os moinhos são patrimônio da humanidade desde 1988, faz parte da vida dos holandeses. 

A importância deste monumento é gigante, pois foi com ajuda dos moinhos que os holandeses expandiram seu território. Hoje temos apenas 1170 moinhos em funcionamento por todo o país.

Além de acrescentar um charme na paisagem a sua viagem para Holanda, não estará completa se você não tirar um retrato com um moinho ao fundo. Faz parte.

Seja em Keukenhof, ou em locais mais tranquilos como Delft ou Gorinchem, a beleza deles é algo impactante.

Curiosidades dos Moinhos de Vento 

  • O moinho mais antigo foi construído em 1450, na província de Gelderland;
  • No sul da Holanda estão a maioria deles, são 227 moinhos;
  • Há 100 anos, existia 10 mil moinhos;
  • Artistas como Mondriaan e Vincent Van Gogh pintaram belíssimos moinhos. 
Moinhos de Vento. Ícone dos Países Baixos

Molen de Roos

Em Delft, o Molen de Roos, pertinho da estação de trem, é aberto a visitação e você pode comprar pães, feitos com os grãos que foram moídos dentro do moinho e até tomar um café!

Desde 2015, o último moinho da cidade, recebe turistas e vende aos cidadãos os grãos orgânicos.

O moinho também é um museu e se você tiver sorte de estar um dia de sol e pouco vento, pode subir até a parte mais alta do moinho.

Sempre acompanhado dos colaboradores do moinho. 

O primeiro moinho construído foi em 1500, mas foi destruído e desde 1679 o Molen de Roos está em funcionamento.

Viagem para Holanda. Moinhos
Molen de Roos em Delft

 

O ícone do país e a marca registrada da Holanda, assim como os tamancos de madeira, faz deste país ser único e exclusivo!

Apesar do clima ser de veneta, é impossível não se apaixonar pela Holanda!

É seu sonho? Então, se planeja, arruma a mala e vem!

Para concluir, por todo o Blog do Viagem para Holanda, teremos artigos para contribuir com a sua viagem e tudo que você precisa saber!

Navegue e se deixe surpreender por novos lugares, afinal quase tudo por aqui são flores.

Seja muito bem-vindo! Um abraço, Luciana

 

Blog Viagem para Holanda

 

Veja também:

 

 

 

Redes sociais do Viagem Para Holanda

 

 

 

Inscreva-se no canal do Viagem para Holanda e viagem com mais qualidade!

Olá! Sou a Luciana, turismóloga e guia cultural nos Países Baixos. Encontre aqui, um conteúdo recheado de informações de qualidade que sirva de inspiração para realizar a viagem dos seus sonhos!
Seja muito bem vindo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *